XII Off Road Bridgestone ACP – Por terras de Gualdim Pais…

XII Off Road Bridgestone ACP

A “culpa” é de Gualdim de Pais (1119-1195), cavaleiro de Afonso Henriques e Templário; pessoa viajada e corajosa, ou não fosse ele um “soldado” que percorreu Mundo, desde as Terras da Palestina, com a Cruz de Cristo ao peito, à conquista de Lisboa ao “mouros” ao lado de Martim Moniz. Valente este Gualdim Pais… tão valente que o Rei Afonso o encheu de glórias e terras. O XII Off Road Bridgestone ACP, foi testemunha de tudo isto e muito mais.

Pertence-lhe a ele a fundação de Tomar, o seu Castelo e o famoso Convento de Cristo, onde ele e seus colegas de “armas (os Templários) viriam a estabelecer o seu “quartel general” em Portugal. Reza a história, que é às suas ordens que manda construir um castelo em Idanha-a-Nova, terra que viria a receber a Carta de Foral, em 1206, por assinatura do então monarca D. Sancho I. Por ali também se defendiam as fronteiras de Portugal; por ali, também começava o reino que Afonso Henriques inventou.

Cerca de nove séculos depois, o Escape Livre leva um “exército “ de pilotos de todo o terreno, com “outros cavalos” no pé direito, para o que foi o XII Off Road Bridgestone ACP, passeio-aventura, destinado a conhecer melhor aquele concelho, com partida das Termas de Monfortinho (onde D. João V, por prescrição do seu médico Francisco da Fonseca Henriques, curava as maleitas articulares, da pele, do sistema digestivo e hepático, e do foro psiquiátrico). Não fora o Rio Erges, que banha aquelas terras, e facilmente nos perderíamos por Espanha… Sim, até do alto de uma “árvore termal” se avistam “terras de Castela”, de onde surgiram os “invasores” que, em 1640, praticamente destruíram esta terra da “curação” de maleitas várias.

Hoje, as “muralhas” são outras a defender o nosso território. Com os hóteis da Fonte Santa e Astória, a “invasão” de “nuestros hermanos” continua, desta feita de forma pacífica; vêm a banhos, e em busca de paisagens deslumbrantes, onde o tempo corre mais devagar. Um paraíso…

 

(Saiba tudo na próxima edição da CHRONOS do tempo nº 26 – brevemente nas bancas)   

Partilhe este artigo

publicidade