O relógio de Ricardo Salgado

Ricardo Salgado e o seu FP Journe Chronometre Souverain

Ricardo Salgado foi notícia ao longo de todo o dia (e vai ser nos próximos tempos, segundo os últimos acontecimentos). O conhecido e poderoso banqueiro, sabe-se, é um apreciador de relógios, um amante das máquinas do tempo. Ao longo dos anos, passaram pelo seu pulso vários e requintados relógios, das melhores marcas e, diga-se, de bom gosto. O relógio que Ricardo Salgado usava nos últimos tempos é um FP Journe Chronometre Souverain, uma discreta “máquina do tempo”, com um valor aproximado de 20 mil euros.

O FP Journe Chronometre Souverain, é um relógio clássico, com caixa em ouro de 40 mm, e movimento (calibre 1304) de carga manual (para 56 horas), a disponibilizar horas, minutos, segundos (entre as 7 e as 8 horas) e reserva de marcha (às 3 horas). Com correia de pele de crocodilo e fecho em ouro.

A FP Journe, enquanto marca, nasceu em 1991, depois de uma longa carreira enquanto relojoeiro e criador de peças exclusivas e refinadas, resultado do talento de François-Paul Journe, o mestre relojoeiro que deu razão de ser a esta marca.

Desde então, François-Paul Journe assumiu-se como um relojoeiro de referência, capaz de produzir algumas das mais requintadas e elaboradas máquinas do tempo, preferidas e cobiçadas por um crescente número de colecionadores por todo o Mundo.

A gama Chronometre Souverain, é o modelo de “entrada” (um dos mais acessíveis) na marca, que realiza e produz relógios que podem ultrapassar os 500 mil euros de preço final.

Partilhe este artigo

publicidade