Caran d’Ache homenageia Fernando Pessoa

Caran d’Ache Fernando Pessoa

A marca suíça produziu aquela que é a primeira colecção na escrita de luxo inspirada e dedicada a uma personalidade portuguesa, ou seja, a Caran d’Ache  apresenta a sua mais recente preciosidade para o mercado português: uma colecção de instrumentos de escrita dedicada ao poeta, filósofo e escritor Fernando Pessoa.

 

Trata-se de uma colecção composta por 888 canetas de tinta permanente e 888 roller Léman, em alusão ao número 8 que tinha um significado especial para o nobre poeta português. A elegância do preto brilhante, conseguido pela aplicação de várias camadas de laca da China e revestimento em ródio, para uma escrita suave, conjuga-se na perfeição com o aparo prateado, que exibe a gravação do busto do poeta, tal como o topo da tampa. O pormenor final e singular é dado também na tampa com a gravação da assinatura de Fernando Pessoa.

Produzida na única fábrica da Caran d’Ache, em Genebra, a coleção “Fernando Pessoa” é uma iniciativa conjunta com a empresa portuguesa Anjersil, representante nacional da marca desde 2007, de quem partiu a ideia de enaltecer o poeta.

“Cada vez mais devemos valorizar o que é português e a Caran d’Ache também demonstrou vontade de contribuir nesta missão. Por isso decidimos apostar na criação de duas peças de luxo, envoltas numa mística especial, para homenagear um ícone de Portugal. É a primeira vez que um grande nome português, como é o caso de Fernando Pessoa, é homenageado por portugueses no seu país, através de instrumentos de escrita produzidos nos conceituados ateliers da Maison Caran d’Ache”, explica Pedro Jerónimo da Silva, responsável da Anjersil.

O evento de lançamento da colecção realizou-se na Casa Fernando Pessoa, e contou com a presença de 100 convidados, entre os quais o CEO da Maison de Haute Ecriture, Jean-Francois de Saussure, que esteve pela primeira vez no nosso país para um evento da marca, bem como de Miguel Frasquilho, presidente da AICEP, e de várias figuras ilustres da sociedade portuguesa ligadas à cultura e escrita.

 

Descrição técnica

Composição-Colecção composta por 888 canetas de tinta permanente e 888 roller.

As canetas são acompanhadas por uma elegante caixa, com a inscrição da frase “Tudo vale a pena se a alma não é pequena” e as datas de nascimento e falecimento de Fernando Pessoa.

Material-Corpo e tampa em laca preta brilhante, com acabamento prateado e banho em ródio.

Corpo em laca da China, aplicada delicadamente de forma artesanal. Este verniz é aplicado em diversas camadas extremamente finas, que são secadas e polidas para produzir uma excepcional profundidade de cor e de brilho.

Aparo-Com gravação a laser escovado do busto de Fernando Pessoa. Oferece uma bomba de tinta ou cartuchos e está disponível nas larguras F e M.

Tampa-Topo da tampa com gravação a laser do busto do escritor ao estilo marca d’água.

Assinatura do poeta gravada.

Numerada (por se tratar de uma edição especial).

Certificado de autenticidade numerado.

Garantia internacional e vitalícia.

PVP’s recomendados:  Caneta permanente – 898€  e Roller – 648€

Pontos de venda – Portugal:

Loja Canetas & Companhia (C.C. Colombo), Torres Joalheiros, Gateleven do Aeroporto de Lisboa, Anselmo 1910, Casa Havaneza (Amoreiras Shopping Center, Largo do Chiado, C.C. Colombo), Prisma Papelarias (CascaiShopping), El Corte Inglés (Lisboa e Gaia), Porto Editora (no Porto), Arte Periférica (CCB), entre outros.

 

Pontos de venda – Angola:

Sistec Angola, Oliva de Angola

Outros locais/países – Disponível por encomenda

 

Curiosidades – a mística do número 8 para Pessoa:

– Fernando Pessoa nasceu a 13 de Junho de 1888 e o seu primeiro nome tem oito letras.

– O escritor determinou para o seu “Dia Triunfal” (em que terá criado os heterónimos Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Alberto Caeiro), a data de 8 de Março de 1914.

– Oito é número de harmonia, equilíbrio e consistência e liga-se à cruz Templária, com oito pontas.

– O livro «Mensagem» é composto por 44 poemas (4 + 4 = 8) e a palavra tem oito letras.

– O livro «Mensagem» é dividido em três partes e pretende anunciar o V Império, uma época de união e paz universais sem limite final no tempo, liderada pela língua e cultura portuguesas (3+5=8)

– Oito línguas representadas na Biblioteca Particular de Fernando Pessoa: Espanhol, Francês, Galego, Grego, Inglês, Italiano, Latim e Português.

 

Para mais informações sobre o mais universal poeta português consulte: http://casafernandopessoa.cm-lisboa.pt/index.php?id=2252

 

Sobre a Caran d’Ache

A Caran d’Ache, Maison de Haute Ecriture, foi fundada por Arnold Schweitzer em 1924. Com o seu património inestimável de conhecimento técnico especializado, a empresa protegeu cuidadosamente a arte da caligrafia. Respeitando a grande tradição da indústria transformadora suíça, concebe e produz produtos excecionais, todos com o prestigiado selo de qualidade “Produzido na Suíça (Swiss Made)”. Reconhecidos mundialmente pela sua excelência e inovação, estes instrumentos de escrita, tal como os materiais de belas artes e desenho, são uma combinação ousada de conhecimento especializado e design, feitos com paixão e rigor.

No seu portfólio de instrumentos de escrita, a marca conta com peças desde 24€ até mais de 500.000 euros e conta atualmente com cerca de 300 trabalhadores.