Academy Georges Favre-Jacot celebra 150 anos

Zenith Academy Georges Favre-Jacot

Uma das primeiras manufacturas relojoeiras industriais, no sentido moderno do termo, nasceu numa pequena aldeia suíça. Para se entender bem a revolução que uma empresa deste género representava na época, imagine Le Locle, nas montanhas de Neuchâtel, no inverno de 1864.

Como todos os anos nesta época, a estação já não favorece o trabalho da terra e impele os camponeses a transformarem-se em relojoeiros…

Em 1865, Georges Favre-Jacot, jovem empresário de Le Locle com apenas 22 anos, cria a sua fábrica de relojoaria. Não é o primeiro nem o único. Mas vai mudar para sempre a maneira de fabricar relógios. Manda construir ateliers grandes e luminosos – que ainda se encontram no mesmo local -, os primeiros da cidade a serem iluminados a electricidade, e aí junta todos os talentos da região. Ao longo dos anos, a fábrica torna-se numa empresa internacionalmente reconhecida pela excelência da sua produção e Georges Favre-Jacot num capitão industrial como só surgem alguns por século. E, durante a sua gestão, o jovem visionário incutirá sempre às suas equipas um espírito único.

 

A audácia é mãe da inovação…

E a audácia de uma empresa é um estado de  espírito  que  deve,  em  primeiro  lugar, partir do seu líder. Assim, o “espírito Zenith”, esse famoso espírito empreendedor de Georges Favre-Jacot que será transmitido pelas gerações  seguintes, torna-se num código genético nutrido por um exército de artesãos no apogeu da sua arte. São esses que permitirão à Manufactura deter inúmeros recordes, dos quais um absoluto: 300 patentes, 600 variações de movimentos e 2.333 prémios no domínio da cronometria.

 

A inovação faz progredir o artesão…

1969. Seis meses antes dos primeiros passos do homem na Lua, os mestres relojoeiros da Zenith dão origem ao primeiro movimento de cronógrafo automático integrado do Mundo. Se é o primeiro deste género, é também o mais preciso porque bate a 36.000  variações por hora,  uma alta frequência desconhecida até então. O cronógrafo é designado El Primero e, a partir daí, dá o seu nome a uma colecção Zenith e equipou uma série de modelos de alta relojoaria. É hoje figura de referência. Todavia, a Manucfatura nunca deixou de se superar no domínio exigente da precisão.

 

O artesão junta-lhe o seu domínio…

A melhor forma de combater a perda de amplitude de um movimento que se descarrega, consiste em compensar a diminuição progressiva da força do seu barrilete. Ao fim de dois anos de investigação e desenvolvimento, os mágicos da Zenith conseguiram transpor para o volume minúsculo de um relógio de pulso, um sistema antigo com 300 anos: o sistema de transmissão fuso-corrente. Com a geometria helicoidal do seu fuso, o mecanismo permite que a força motriz permaneça perfeitamente estável, mesmo quando a mola do barrilete se distende. Assegurando a transmissão entre o barrilete e o fuso, a corrente contém 575 componentes e mede 18 cm de comprimento.

Os elos duplos alternam com os elos intermediários, criando uma arquitectura muito complexa que permite que a corrente, uma vez montada, resista a uma tracção superior a três quilos. Durante o período de funcionamento (50 horas no mínimo), a mola-motor transmite a sua energia ao fuso através da corrente que se enrola em redor do barrilete. Ao ajustar as variações de tensão, o fuso regulariza a força que é distribuída à rodagem e, em seguida, à roda de escape em silício. As dimensões e a silhueta cónica do fuso resultam de cálculos particularmente complexos realizados para cada um dos seus sete níveis.

 

Do domínio nasce a audácia…

O Academy Georges Favre-Jacot oferece, para os 150 anos da Zenith, um belo concentrado da experiência da Manufactura. Mais do que uma homenagem, este modelo de alta relojoaria testemunha um profundo respeito pelo espírito do fundador, sem o qual nada poderia ter existido.

Tecnicamente, o Academy Georges Favre-Jacot acolhe em primeiro lugar – como não poderia deixar de ser – um movimento de alta frequência El Primero 4810 de corda manual. Ocupando toda a parte inferior do mostrador, o indicador de reserva de marcha às 4h30, com as inscrições “Force constante” e “High Frequency”, informa rapidamente sobre a elevada qualidade do movimento. Às 7h30, o contador dos pequenos segundos exibe o logótipo da Manufactura da estrela. Mas o que chama a atenção, e que impressionará os conhecedores, é a abertura da parte superior sobre a transmissão fuso-corrente com o barrilete às 10h30 e, à 1h30, o fuso em redor do qual a corrente se enrola.

Se o movimento leva mais de 50 horas a descarregar, ou seja a corrente a enrolar-se em redor do barrilete, a haste que dá corda e que só demora alguns segundos, permite ver o fuso e o barrilete a rodar no sentido oposto à marcha, para que a corrente se enrole novamente em redor do fuso. Aparafusadas à platina, duas pontes suportam o eixo do fuso e o do barrilete, dando ao relógio um ar de arquitetura do fim do século XIX. O barrilete está gravado com as inscrições Zenith / Manufacture Le Locle.

Os melhores talentos da Manufactura foram convocados para conceber esta obra-prima, cuja edição é limitada, a ocasião excepcional assim o obriga, a 150 exemplares. À incrível tecnicidade do Academy Georges Favre-Jacot junta-se, com efeito, uma pesquisa estética orientada para a decoração, combinando a modernidade das linhas com a perfeição das proporções, evocando o passado glorioso da marca. O ouro rosa de 18 quilates da caixa, assim como a pele de crocodilo castanha da bracelete, não lhe são certamente estranhos. Assim, o aro fino envolve um mostrador granulado prateado, realizado na mais pura tradição relojoeira. Os ponteiros das horas e dos minutos são azulados, enquanto os sete índices são folheados a ouro e facetados.

 

A audácia, hoje como ontem…

150 anos de criações realizadas com audácia e espírito empreendedor, isto festeja-se! 2015 será para a Zenith um ano de celebrações que serão anunciadas na devida altura.

Continua…

 

ACADEMY GEORGES FAVRE-JACOT

  • TRANSMISSÃO FUSO-CORRENTE LIGADA AO BARRILETE POR UMA FORÇA CONSTANTE
  • 797 COMPONENTES
  • MOVIMENTO CERTIFICADO PELO COSC
  • EDIÇÃO LIMITADA DE 150 EXEMPLARES

 

MOVIMENTO

El Primero 4810 de corda manual

Calibre: 16½ ‘’’ (diâmetro: 37 mm)

Espessura: 5,90 mm

Componentes: 222 (+ 575 para a transmissão 

fuso-corrente)

Rubis: 30

Frequência: 36 000 VPH (5 Hz)

Reserva de marcha: mínimo de 50 horas

 

FUNÇÕES

Horas e minutos

Transmissão fuso-corrente ligada ao barrilete

Pequenos segundos às 7h30

Reserva de marcha às 4h30

 

CAIXA, MOSTRADOR E PONTEIROS

Material: ouro rosa de 18 quilates

Diâmetro: 45 mm

Espessura: 14,35 mm

Vidro: vidro de safira abaulado com tratamento antirreflexo em ambas as frentes

Estanqueidade: 3 ATM

Mostrador: granulado prateado

Índices das horas: ródio folheado a ouro, facetados

Ponteiros: azulados

 

BRACELETE E FECHO

Pele de crocodilo castanha com forro de proteção em borracha

Fecho extensível de 3 lâminas e ouro rosa de 18 quilates

 

 

Partilhe este artigo

publicidade