O espírito Patrimony

A gama de relógios Vacheron Constantin Patrimony

Os modelos Patrimony pertencem a uma prestigiada estirpe de relógios estilizados, elegantes e intemporais da Vacheron Constantin, nos quais se combina uma investigação levada ao extremo e uma estética sem concessões, absolutamente fiel aos seus princípios.

O espírito do Patrimony está firmemente ancorado na efervescência dos anos 50. O período do pós-guerra esteve impregnado de um positivismo imperante em todos os âmbitos, o qual foi a seiva vital para um renascimento criativo e estético. Imbuídos por uma animada elegância, os anos 50 foram um período de emancipação e de renovação.

Em 1955, a Maison começou a explorar novas possibilidades criativas, apresentando três relógios excepcionais em comemoração do seu bicentenário: os famosos modelos extraplanos dotados com o lendário Calibre 1003, de 1,64 mm de espessura, o mais fino do Mundo naquela altura.

Nascido em plena década de 1950, este relógio redondo, de extraordinária fiabilidade, personifica a quintessência do classicismo. Uma obra-prima, auto-suficiente, que prescinde de qualquer ornamentação supérflua que perturbe o seu design. Cada detalhe enfatiza a pureza de umas linhas subordinadas a uma extrema sobriedade que infunde uma aura de modernidade eterna a esta criação atemporal.

Os curvilíneos contornos do Patrimony desdobram-se em toda a sua sóbria elegância: uma delicada caixa tipo bassine, cristal de safira e mostrador bombeado, marcadores de horários de perfil curvo, um círculo de minutos perolado… cada elemento forma uma silhueta formidavelmente arredondada.

O toque de modernidade provém dos estilizados marcadores horários, dos ponteiros tipo bastão e do considerável comprimento das “asas” da pulseira. O cuidado dispensado nos detalhes mais mínimos fica patente na arquitetura angulosa, enérgica e contemporânea.

A subtil curvatura revela um delicado perfil, sobriamente acentuado por uma coroa na qual se destaca a Cruz de Malta. A pureza do design acentua-se ainda mais pela extrema fineza do bisel, exalando um perfeito equilíbrio atemporal.

Do mais simples ao mais complicado, os calibres exibem o seu acervo mediante os acabamentos realizados à mão, como reflexo das mais refinadas tradições da Alta Relojoaria.

A delicada destreza artesanal encarnada na coleção Patrimony foi galardoada com o prestigiado Punção de Genebra.

Partilhe este artigo

publicidade