IWC festeja aniversário do “Português”

O novo IWC Português Calendário Anual

Em 2015, a IWC festeja o 75.º aniversário dos relógios “Português”, uma linha de grande tradição e sucesso na marca. Por ocasião do jubileu, a IWC lança a nova colecção “Português” com aperfeiçoamentos técnicos, estéticos e muitas novas funcionalidades. Paralelamente, a manufactura vem consolidar a sua competência no fabrico de movimentos próprios, criando nos próximos anos três novas famílias de calibres manufacturados.

O primeiro calibre desta iniciativa é marcado pela família de calibres 52000, que se incorpora em quatro modelos da nova colecção “Português”. O recém-desenvolvido Calendário Anual celebra a sua estreia, e a complicação do calendário perpétuo com data digital em grande formato, dá entrada no portefólio do “Português”.

Com o novo “Português” Calendário Anual (ref. 5035), a IWC apresenta pela primeira vez um calendário anual. O mês, a data e o dia da semana são indicados em três janelas semicirculares separadas na posição das “12 horas”.

O mecanismo de comutação calcula as diferentes durações dos meses, mas não a duração divergente do mês de Fevereiro nem os anos bissextos. Com a força de dois barriletes, o novo movimento manufacturado, calibre 52850, fornece o binário mais alto, necessário para accionar os três discos indicadores.

Graças ao novo “Português” CalendárioPerpétuo Digital Data-Mês Edição “75th Anniversary” (ref. 3972), a família de relógios “Português” dispõe agora também de um modelo com indicação grande e digital da data e do mês. Este relógio exclusivo reúne alta competência em manufatura no calibre 89801 da IWC, que se apresenta com calendário perpétuo com indicação dos anos bissextos, circuito instantâneo das indicações grandes e cronógrafo com função de flyback.

O “Português” Corda Manual Oito Dias Edição “75th Anniversary” (ref. 5102) constitui a pedra angular desta família de relógios. Embora o seu desenho purista se inspire no primeiro “Português” (ref. 325) dos anos 1930, o seu calibre manufacturado IWC 59215, com reserva de marcha para oito dias, está na vanguarda.

 “Com duas referências novas e seis referências aperfeiçoadas da família “Português”, a IWC Schaffhausen comprovará em 2015, mais uma vez, a sua capacidade inovadora e a grande paixão pelo trabalho relojoeiro. Uma valorização especial é dada à linha “Português” pela nova família de calibres 52000, manufacturada na própria casa e que ganha também no aspecto estético”, resume o CEO da IWC, Georges Kern, sobre o relançamento dos relógios “Português”.

“Estou convencido de que o “Português”, graças à sua sofisticada técnica de manufactura, o seu desenho iconográfico e a sua história impressionante, continuará a contribuir decisivamente para o renome internacional da IWC.”

Partilhe este artigo

publicidade