Novo Mercedes-Benz C 350 PLUG-IN HYBRID

Novo Mercedes-Benz C 350 PLUG-IN HYBRID

Depois da sua estreia no Classe S, a Mercedes-Benz oferece agora pela primeira vez num modelo Station, e também nesta classe, a tecnologia híbrida mais avançada. O C 350 PLUG-IN HYBRID é o segundo modelo híbrido do novo Classe C e o segundo modelo da Mercedes-Benz com tecnologia PLUG-IN HYBRID.

Graças à combinação do motor de combustão e do motor eléctrico, os sistemas de motorização híbridos oferecem um consumo reduzido impressionante, mas com alto desempenho. O motor eléctrico consegue substituir ou apoiar o motor de combustão utilizando de modo prático a energia gerada durante a travagem convertendo-a em energia elétrica e armazenando-a.

O C 350 PLUG-IN HYBRID utiliza a forma mais avançada actual da tecnologia híbrida. A sua unidade de armazenamento da energia elétrica é uma bateria de iões de lítio com uma capacidade total de 6,2 kWh, que pode ser carregada a partir de uma fonte de alimentação externa, contribuindo eficazmente para os valores reduzidos de consumo e de emissões. A bateria é refrigerada a água, pesa cerca de 100 quilogramas e está montada por cima do eixo traseiro para maximizar a segurança em caso de acidente.

Graças a um sistema de carga interno inteligente, a bateria pode ser carregada em cerca de 1 hora e 45 minutos numa wallbox ou num dos pontos de carga públicos (230 V, 16 A, 3,7 kW monofásico), cada vez mais numerosos, o que, nalguns casos, proporciona um local de estacionamento privilegiado. Em alternativa, o carregamento através de uma tomada doméstica também possível. Dependendo da ligação, é possível conseguir um tempo de carga aproximado de duas horas (com 230 V e 13 A, 3,0 kW).

Apesar do espaço ocupado pela bateria, o C 350 PLUG-IN HYBRID tem ainda uma capacidade da bagageira de 335 litros na sua versão Limousine e 350 no modelo Station, ou, neste último, 1370 litros com os encostos dos bancos traseiros rebatidos.

No novo C 350 PLUG-IN HYBRID, este conceito de motorização híbrida é combinado pela primeira vez com um motor de quatro cilindros a gasolina. A partir de uma cilindrada de apenas dois litros, gera 155 kW (211 cv) e um binário máximo de 350 Nm. O motor elétrico do C 350 PLUG-IN HYBRID tem uma potência até 60 kW e fornece um binário de 340 Nm. Assim a potência total disponível do sistema é de 205 kW (279 CV), com um binário de 600 Nm.

O Classe C consegue acelerar dos zero aos 100 km/h em 5,9 segundos e o modelo Station apenas um pouco mais, 6,2 segundos. A versão Limousine consegue atingir a velocidade máxima de 250 km/h e a Station 246 km/h, ambos em conjunto com um consumo certificado de combustível de 2,1 litros aos 100 quilómetros. Isto corresponde a emissões de CO2 de 48 gramas (49 gramas na Station) por quilómetro. As duas versões do C 350 PLUG-IN HYBRID oferecem também a possibilidade de percorrer até 31 quilómetros em modo puramente elétrico, e assim totalmente livre de emissões de CO2 locais – por exemplo, na cidade.

O C 350 PLUG-IN HYBRID é fornecido com a linha de equipamento exterior AVANTGARDE, que realça o seu caráter desportivo. Como alternativa e sem custos adicionais, tanto a versão Limousine como a versão Station também estão disponíveis com a linha de equipamento exterior EXCLUSIVE. Com a sua grelha do radiador clássica e a estrela de três pontas no capot.

Depois do E 300 BlueTEC HYBRID, S 400 HYBRID, S 300 BlueTEC HYBRID, C 300 BlueTEC HYBRID e S 500 PLUG-IN HYBRID, o C 350 PLUG-IN HYBRID é o mais recente modelo híbrido da Mercedes Benz. Nos próximos anos, o realce principal assentará nos híbridos recarregáveis. O C 350 PLUG-IN HYBRID chegará aos concessionários em abril de 2015.

 

Partilhe este artigo

publicidade