Conhecer a Louis Erard na David Rosas

Conhecer a Louis Erard na David Rosas

A David Rosas, na loja da Avenida da Liberdade, em Lisboa tem em exposição as mais recentes novidades da Louis Erard, marca de representa para o nosso país. Fundada em 1929 (dois anos mais tarde produz os primeiros relógios), a Louis Erard assume-se como uma marca que “controla o tempo”.

No nosso controlo do tempo, voltamos repetidamente às sublimes complicações que mais nos cativam: reguladores, cronógrafos e ponteiros de segundos são constantemente revisitados e reinventados.

E também transcendemos o tempo, lançando mão de uma estética simultaneamente refinada e distinta. Uma demanda que revela, através de uma alquimia muito especial, o coração mecânico do tempo. E, em parte, o nosso também.

Este é o Espirito Louis Erard: um reportório de relógios que galvaniza a tecnologia e a estética para criar ícones do tempo completamente inovadores.

As nossas execuções mecânicas para 2015 incluem versões do Regulator, Power Reserve e Chrono, entre outros. Os nossos mostradores foram preparados para capturar as atenções do mundo, quer através da decoração Côtes de Genève, quer da revelação total ou parcial do esqueleto do movimento. E quando o tempo assume uma forma feminina, pode ser colorido, precioso, mecânico, clássico ou assertivo, mas sempre refinado, elegante e à medida, com o único propósito de conquistar o coração das senhoras,” diz Alain Spinedi, CEO da Louis Erard.

Com uma excelente relação qualidade/preço, as peças da Louis Erard distinguem-se pelo design cuidado e puro, resultante numa colecção lógica e coerente, capaz de fazer a diferença no pulso.

Nesta colecção, há versões de Power Reserve Regulators, Chrono Moon Phase e outros Chronos sofisticados que beneficiam do cuidado e atenção do relojoeiro e dos modelos à medida, desenvolvidos no Le Noirmont. O talento da Louis Erard permite que a marca se afirme enquanto manufactura há já 7 anos.

O “Regulator” (verdadeiro ícone da marca), conta com uma nova versão. A coleção Excellence sempre permitiu movimentos automáticos e manuais – embora a corda manual seja a preferida nesta complicação, que agora se estreia com um calibre automático. O mostrador de 42 mm em aço polido está disponível em prateado ou preto. Cada ponteiro tem o seu papel a desempenhar… Mas esta exposição não se fica por aqui.

Há muito para ver, o Excellence Chrono Date, com calibre automático 7753, caixa de aço, 42 mm, à prova de água até 5 ATM (ou 50 metros), mostrador prateado ou preto com decoração «Côtes de Genève. Disponível também em ouro rosa de 18 quilates; ou o 1931 Small Second Open, com movimento mecânico manual (calibre ETA / Peseux 7001), caixa de aço (ou em ouro rosa) de 40 mm, à prova de água até 5 ATM (ou 50 metros), com mostrador aberto em branco ou preto.

O Excellence Skeleton, com movimento automático mecânico (calibre Soprod SOP A10SQ-2), conta com caixa em aço (ou em ouro rosa) de 40 mm, à prova de água até 5 ATM (ou 50 metros) e mostrador aberto prateado, merece destaque, tal como o Excellence Regulator Power Reserve, com movimento mecânico de corda manual (calibre ETA 7001 RE9) com complicação original Regulator Power Reserve, ou calibre ETA 7001 RM10 com complicação original Power Reserve, caixa de aço de 40 mm com tratamento PVD preto, à prova de água até 5 ATM (ou 50 metros) e mostrador preto entregue com caixa exclusiva com um FixPencil da Caran d’Ache, em edição limitada. Algumas “estrelas” da marca numa exposição com muito mais para ver, onde não falta a recente gama de relógios de senhora, a Romance.

Uma boa forma de conhecer a Louis Erard.