Ferrari GTC4 Lusso substitui FF no Salão de Genebra

Ferrari GTC4 Lusso substitui FF no Salão de Genebra

A Ferrari apresentou no Salão de Genebra, o sucessor do FF, modelo capaz de transportar quatro pessoas e que conta com tracção integral. A referência GTC faz recordar os clássicos 330 GT e 330 GTC (enquanto Lusso lembra o 250 GTO Lusso), modelos bem sucedidos dos anos 60 do século passado. O 4 refere-se aos quatro lugares.

A dar “vida” a este novo modelo, o GTC4Lusso tem um motor V12 de 6.3 litros, capaz de debitar 690 CV e 71,1 kgfm de torque. Com este motor, o GTC4Lusso acelera de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, e atinge uma velocidade máxima de 335 km/h.

Como inovação tecnológica surge o sistema 4RM-S, de tracção permanente e direcção nas quatro rodas. Esta tecnologia é uma evolução do 4RM, de tracção integral, e conta com um sistema de direcção para as rodas traseiras, para ajudar no comportamento em curva.

No interior, este novo Ferrari tem uma nova central multimédia de 10,25 polegadas com touchscreen (tal como nos smartphones), e do lado do passageiro, um ecra acima do porta-luvas exibe informações, tais como velocidade, caixa de velocidades e conta-rotações.

Em contraste com o FF, o GTC4Lusso apresenta algumas evoluções no design. O perfil de coupe estilo shooting-brake mantém-se contudo, a dianteira conta com novos faróis segundo o aspecto estético mais recente da marca.

Partilhe este artigo

publicidade