A Chronoswiss e as cores do Pacífico

Pacific 2012_

A imensidão azul é o mote de uma das mais recentes novidades da Chronoswiss: depois dos lançamentos de versões já conhecidas desta gama, o Pacífic está disponível num tom nobre… azul; inspirado no corpo de água que lhe dá o nome – o Oceano Pacífico, com suas profundezas insondáveis – ou os fluxos de cores entre tons de azul e cinza.

A imensidão azul é o mote de uma das mais recentes novidades da Chronoswiss: depois dos lançamentos de versões já conhecidas desta gama, o Pacífic está disponível num tom nobre… azul; inspirado no corpo de água que lhe dá o nome – o Oceano Pacífico, com suas profundezas insondáveis – ou os fluxos de cores entre tons de azul e cinza.
O padrão de alta qualidade é uma característica desta “família” e que garante reflexões animadas e diferenciadas. O novo esquema de cores dá ao relógio um visual versátil inconfundível, que é sublinhado por uma cor azul escuro, única, feita apenas para este relógio.
Disponível com caixas em dois tamanhos distintos, como a Pacific em 40 mm e o Pacific Grand com 43 mm, estes novos relógios são comercializados em dois materiais de caixa: o aço e o ouro rosa. Nestas caixas, “vive” um mecanismo de carga automática, capaz de proporcionar horas minutos e segundos (ao centro) e data às 3 horas, com os indexes a assumirem um protagonismo muito particular dada a sua estética robusta e simultaneamente elegantes.
O movimento C-281 (de 25,2 mm de diâmetro), promete uma autonomia de 42 horas, e “bate” a uma cadência de 28.800 alternâncias/hora, em caixas resistentes à água até aos 100 metros, com vidros de safira anti-reflexo no mostrador e na parte de trás, que permite apreciar toda a “energia” do labor deste calibre da Chronoswiss.
Os Pacif apresentam-se assim como uma excelente alternativa à actual gama de produtos da Chronoswiss, com uma relação de preço/qualidade de excelente nível dados os pergaminhos da marca.

Partilhe este artigo

publicidade