Morellato no mercado nacional

A nova linha de jóias da Morellato

Há uma nova marca de jóias no mercado nacional. Dá pelo nopme de Morellato e está apostada em seduzir as consumidoras femininas portugesas. Segundo a Morellato: “Presente em mais de 200 lojas na Europa, continente Americano, Médio Oriente e China, a Morellato entra no mercado português para conquistar as mulheres elegantes e contemporâneas com jóias exclusivas.

Iniciada em 1930 por Giulio Morellato, a linha de jóias é inspirada nos valores expressos pelos artistas do Renascimento – que procuravam o ideal entre a harmonia e a elegância feminina – e parte numa constante mutação para oferecerem à mulher contemporânea a peça que complementa a sua personalidade elegante, forte, glamourosa e sensual. Bar Rafaeli, Irina Shayk e Sara Sampaio são alguns nomes das musas que têm representado a marca.

Artesãos italianos dão o tão apreciado cunho do estilo e design vanguardista pelo qual o país é reconhecido a nível internacional.

A marca, no segmento de joalharia, apresenta várias colecções, das quais destacamos: Perla, uma linha moderna e sofisticada em aço, com pérolas naturais e cristais brancos; Cuore Mio, a celebração do amor em aço, cristais brancos e cor de pêssego, em peças de design icónico e de valorização artesanal em filigrana, existindo ainda a versão rock, em aço e cristais negros tridimensionais; Le Chicche e Luci, as colecções easy-to-wear com formas originais em aço prateado ou rose gold e pérolas naturais.

A mais recente aposta da marca assenta no inovador conceito DROPs Time, que permite a constante personalização do seu relógio, expressando desde momentos importantes e marcantes da sua vida, a reflexos e tendências de moda, tudo isto numa peça que traduz um valor de glamour e luxo.

Coleções valorizadas com materiais naturais e pedras preciosas trabalhadas sobre aço, recriam peças únicas que refletem de forma fidedigna o design italiano e contemporâneo, ideal para a mulher com estilo easy-chic look”, conclui Gonçalo Pinto, Director Comercial”.

Partilhe este artigo

publicidade