A filigrana renovada da Eleuterio

A filigrana renovada da Eleuterio

Garantem que são, “Jóias que contam histórias, no espaço e no tempo”, e nos seus 90 anos de existência, mantiveram-se fieis à filigrana, e à arte de a fazer renovar e renascer; é assim na Eleuterio, marca nacional que apresentou a sua coleção de joias para 2015.

Pioneiros no uso de diamantes e outras pedras preciosas nas suas criações (com a filigrana em destaque), a Eleuterio esteve em Lisboa para dar a conhecer as novidades/2015 de três das oito linhas que realiza atualmente.

Deco, Couture e Diva, são as embaixadoras das oito “tentações” que compõem o universo da marca que exporta cerca de 80% da sua produção. Com um “primeiro preço” de aproximadamente 600 euros, as joias da Eleuterio, podem chegar aos 10 mil euros, conforme a peça, os materiais empregues e as horas de produção.

Intimamente ligada à história da ourivesaria portuguesa, a Eleuterio celebra em 2015, 90 anos de criatividade, um marco invulgar, que será assinalado com o lançamento de um livro que retratará a memória desta empresa.

Assumidamente uma marca nacional de alta joalharia, a Eleuterio que tem na sua génese a arte da filigrana (arte ancestral de trabalhar finos fios de ouro), acrescentando-lhe um design contemporâneo e modernizando-a, tornando-a assim mais apetecível às consumidoras mais cosmopolitas. Com a Eleuterio, a filigrana está mais jovem…

Partilhe este artigo

publicidade